segunda-feira, novembro 08, 2010

Banco de socorros

Mais dois Bancos a abrir em Moçambique... mais não sei quantas lojas a fechar para darem lugar a mais Bancos... a ultima foi uma florista, que já ficava ao lado de outro Banco.

BANCOS, empresas de arrecadar dinheiro, o dinheiro dos outros, o nosso dinheiro...

Depois ganham controle, ganham poder, deixam de querer comprar as lojas e passam a comprar pessoas, oferecem-lhes os sonhos, viagens, televisões, panelas, talheres, jóias, cursos, casas, carros,.., o ícone máximo da nossa sociedade de consumo -"queres taco?Vai ao banco"!

De repente o poder aumenta e passam a comprar as empresas, primeiro as pequenas depois as grandes, primeiro as privadas, depois as publicas e porque não o governo? Se eles tem o controle do dinheiro de um pais, das empresas de um pais, da economia portanto, porque não controlam o governo, o pais? Mas será que ainda há gente que pensa que não o fazem?

A grande ideia, eles compram as empresas mas não na totalidade, querem apenas estar lá, ter o PODER de meter a colher, CONTROLAR... grupos internacionais, estrangeiros, meninos lindos engravatados, (agora tb há uma menina linda muito esperta entre eles) com ar muito aristocrata que não contentes de levaram os seus países á ruptura vem trazer prosperidade aos outros, investir dizem eles.

Enquanto engordam a sua arrecadação a Europa está em crise, a economia mundial está em crise, os seus países a beirar a banca rota sob seu controle megalómano, estão em crise e eles reluzem de abundancia.

Mas atenção, eles também estão nos ditos mercados em crise, fazem parte, porque não são donos absolutos do seu poder e alguns outros meninos fazem-nos ir a baixo e a cima consoante os seus interesses de momento, estes meninos estes são os verdadeiros brincalhões.

Blablabla cenas de um outro capitulo, tenho mesmo que ir trabalhar, pensar ao máximo como me livro deles, porque tenho esta dificuldade em lidar com gente que gosta de fazer dos outros parvos.... como a minha avó dizia, querida, é preciso ter sempre uma hortinha em casa.
....

Especulação, em economia, consiste em uma aposta acerca do futuro econômico de um país, um setor de atividade ou de uma empresa.

O movimento das bolsas de valores, por exemplo, resulta, em grande parte, de manobras especulativas. Um grande número de agentes ou um único agente - desde que suficientemente poderoso - pode, através de operações vultosas de compra ou venda das ações de uma empresa, forçar uma alta ou uma baixa dos preços. Se o preço das ações aumenta, outros investidores, acreditando que os preços possam subir ainda mais, compram também. Tais expectativas podem se concretizar ou não.

A especulação financeira foi um dos fatores que levaram à crise de 1929, quando houve o crash da bolsa de Nova York. Neste caso, ficou claro que havia uma enorme diferença entre o preço esperado das ações e o valor real dos ativos das empresas. A diferença correspondia à especulação ou à expectativa de lucros dos especuladores.

A especulação é o risco não assumido pelo investidor e é considerada uma prática nefasta, podendo provocar a quebra de mercados, em benefício de alguns especuladores. Normalmente é objeto de controle pelos órgãos fiscalizadores (como a CVM) do mercado de capitais. in wikipédia.org

3 comentários:

Angela Reis (Luna Luz) disse...

Uma excelente matéria, Su. Tem selinho lá pra você.

bjos

Eu sei que vou te amar disse...

Minha linda Su, saudades!
Um post que retrata a realidade da minha terra...abrem bancos para encher os bolsos dos poderosos e esquecem da essencia do povo, nele mora a beleza da simplicidade!
Beijo saudoso

Storm disse...

Linda!!! Por onde andas tu???
Espero que esteja tudo bem contigo...
dá notícias, sim?
beijocas